CBMM lança videoaulas para ampliar o acesso à Educação Ambiental

CBMM trabalha para a preservação da fauna e flora do Cerrado, com projetos para a reprodução e reinserção de animais nativos, reflorestamento e recuperação da flora local

fEBRE aMARELA
O Cientistas do Cerrado, projeto da CBMM que integra seu Programa de Educação Ambiental, desenvolveu um novo método para impulsionar a educação ambiental neste momento de pandemia. Em parceria com o Uniaraxá e a Secretaria Municipal de Educação, está sendo produzida uma série de videoaulas especiais que serão exibidas em TV aberta (TV Araxá Educa – canal 12.2) e disponibilizadas no canal da CBMM no YouTube.

“As atividades presenciais de nossos projetos de Educação Ambiental estão paralisadas desde o início dos protocolos de distanciamento social, e, para continuar proporcionando esse importante aspecto da educação para a proteção ambiental, buscamos parceiros que pudessem nos apoiar na continuidade destes projetos”, diz Aloísio Silva, Analista de Meio Ambiente da CBMM.

O material foi desenvolvido pela equipe de Educação Ambiental da CBMM em parceria com o corpo docente do Uniaraxá e tem como público-alvo estudantes do 4º e 5º anos do ensino fundamental. “O Projeto Cientistas do Cerrado é uma nobre e responsável iniciativa da CBMM, a qual temos a honra de sermos parceiros. Esta nova versão do projeto está sendo um trabalho ainda mais desafiador por ser na modalidade a distância. Fizemos filmagens dentro e fora de estúdio, contamos com colaboração de outros parceiros para entrevistas, e ao mesmo tempo tivemos o desafio de colocar a informação de forma fácil e lúdica para as crianças”, diz a Profª. Drª. Lorena Bittencourt Guimarães Thibau, do Suporte pedagógico do Núcleo de Educação a Distância do Uniaraxá.

As videoaulas abordam diversos temas relacionados à preservação do meio ambiente, sustentabilidade, preservação e recuperação dos biomas, além de temas específicos do Cerrado mineiro – onde está localizada Araxá – como fauna e flora da região. Além das pautas serem foco de debates essenciais para o futuro, há um olhar especial para contexto geográfico em que a CBMM e a comunidade araxaense se inserem.

Desde 1992, a CBMM, por meio do seu Programa de Educação Ambiental, é parceira das escolas públicas e privadas araxaenses por meio de um amplo projeto de construção de conhecimentos sobre o Cerrado para crianças e adolescentes da região.

“O Projeto Cientistas do Cerrado fomenta a consciência ambiental nos nossos jovens alunos. Esta abordagem é cada dia mais importante. Por questão de formação acadêmica e de sobrevivência. Quanto mais cedo o tema for abordado com as crianças, maiores as chances de despertar a consciência pela preservação.” afirma Zulma Moreira, Secretária Municipal de Educação de Araxá. “Trabalhar os temas do projeto nas escolas resulta em transformações no sujeito que aprende e incide. É cultivar com amor a sementinha que floresce no futuro”, completa.

A CBMM trabalha para a preservação da fauna e flora do Cerrado, com projetos para a reprodução e reinserção de animais nativos, reflorestamento e recuperação da flora local, e para a disseminação da educação ambiental para as próximas gerações da comunidade araxaense.

Assista aos primeiros episódios das videoaulas no YouTube da CBMM: https://youtu.be/U_MhAehxeuc

Autor: Saulo Aguiar

É jornalista, radialista e cooperativista. Formado em Comunicação Social, ganhou destaque com colunas opinativas e reportagens investigativas. Possui cursos na área de assessoria de comunicação, cooperativismo e gestão de projetos.

Compartilhe
468 ad

Comente

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *