Governo do Estado destina 749 doses de vacina contra a Covid-19 para Araxá

vacinas_cbbmg

O Governo de Minas Gerais destinou 749 doses de vacinas contra a Covid-19 para dar início à primeira etapa de vacinação em Araxá, nesta quarta-feira (21). Os imunizantes serão aplicados em profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate ao coronavírus e idosos com mais de 60 anos que residem em instituições de longa permanência, como casas de repouso.

Por determinação da Secretaria de Estado de Saúde, a Superintendência Regional de Saúde em Uberaba encaminhará a segunda dose das vacinas após 14 dias do início da vacinação. O Ministério da Saúde destinou 577 mil doses para Minas Gerais, sendo distribuídas proporcionalmente aos 853 municípios mineiros.

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Diane Dutra, a quantidade de vacinas será insuficiente para atender todo o grupo prioritário. “Precisaríamos de cerca de 2 mil doses para atender todo o grupo prioritário, que são profissionais de saúde e pessoas com mais de 60 anos moradoras de instituições de longa permanência. Como a quantidade de doses é pequena, vamos priorizar profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate ao vírus, profissionais que atendem diretamente casos suspeitos e confirmados de Covid-19”, explica Diane.

Ministério da Saúde responsável pelas vacinas

O prefeito Robson Magela assinou a carta de intenção para aquisição de 100 mil doses de vacina produzida pelo laboratório Sinovac e produzida no Brasil pelo Instituto Butantan, em São Paulo (SP), no último dia 5 de janeiro. Porém, o Ministério da Saúde determinou logo depois, através de decreto, a compra de 6 milhões de doses produzidas no Brasil e liberada emergencialmente pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Ficou definido que as doses seriam entregues pelo Ministério da Saúde aos Estados, que definem a distribuição para os municípios.

 

Autor: Saulo Aguiar

É jornalista, radialista e cooperativista. Formado em Comunicação Social, ganhou destaque com colunas opinativas e reportagens investigativas. Possui cursos na área de assessoria de comunicação, cooperativismo e gestão de projetos.

Compartilhe
468 ad

Comente

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *