Vereadora Valéria Sena não será candidata a reeleição

Parlamentar divulgou carta aberta para comunicar a população sua decisão de não concorrer às eleições por uma cadeira na Câmara Municipal.

Valeria Sena

“Nesse momento, em todo o Brasil, partidos e candidatos dão a largada para o processo eleitoral, pois faltam exatos sessenta e três dias para as disputas municipais. Como estamos caminhando para um momento crucial e por considerá-lo de extrema seriedade, uma vez que existe algo muito importante em jogo que é o futuro da nossa câmara de vereadores e do nosso município; comunico ao povo araxaense, aos meus eleitores, amigos e colegas vereadores, a minha decisão de não participar do processo eleitoral em outubro próximo. Minha decisão está pautada nas avaliações que fiz durante esse um ano de mandato que completo agora em 18 de agosto.

Nesses quase 12 meses de trabalho como vereadora, procurei seguir um caminho diferente, e, talvez por isso mesmo, poucas vezes tive a compreensão daqueles que se sujeitam a pressões mesmo quando seriam os maiores beneficiários de uma nova forma de fazer política.

Ainda assim, estou seguindo em frente, apontando ideias, buscando implementar projetos que possibilitem ações duradouras para o bem comum.

Mas para concretizar ideias é necessário ter apoio, respaldo, votos que demonstrem que há mais pessoas que valorizam estas ideias e defendem uma nova postura política, tanto cobrada pela sociedade.

Insistimos. Apesar de todas as contradições e formas diferentes de ver e fazer a política, com todas as forças, disposição e vontade, o nosso trabalho está sendo realizado e o faremos até o final do mandato.

Todo homem tem os seus limites e conhecê-los é o melhor caminho para uma vida digna e sustentável. Eu conheço os meus limites e não abro mão dos meus princípios e valores; da minha coerência e motivação na busca de um mundo justo, construído a partir de uma política baseada na ética, na transparência em prol da coletividade, uma prática rara nos dias atuais.

Prefiro não sair candidata a ultrapassar os meus limites. Sei também que se eu ultrapassá-los, estarei dando um sinal de que fazer política de um jeito novo não é possível.

Com o apoio incondicional da minha querida família, estou convicta da minha decisão e sigo firme na crença de que é possível fazer política sim, de forma democrática, justa, transparente que sirva, e não se sirva de sua gente. Chegaremos lá ainda.

Aproveito para agradecer a todos que, através do seu voto de confiança, me oportunizaram ocupar essa cadeira. Agradeço a Deus por ter me possibilitado demonstrar à população que venho realizando o meu trabalho no legislativo de acordo com o que me propus há quatro anos, através de uma conduta proba e transparente. Agradeço aos meus familiares, aos amigos de sempre e aos novos amigos que fiz na Casa Legislativa, à imprensa, enfim, a toda população.

Estarei no processo eleitoral que se aproxima dando a minha colaboração de outra forma. Como cidadã ciente dos meus direitos e deveres, continuo disposta a participar de ações que possam agregar e assim, construir a cidade que sonhamos: uma Araxá melhor, mais justa para todos.”

Finalizo a minha mensagem com os dizeres de Nelson Mandela:

“Os ideais que cultivamos, nossos maiores sonhos e esperanças mais ardentes podem não se realizar durante nossa vida. Mas isto não é o principal. Saber que em seu tempo você cumpriu o seu dever e viveu de acordo com as expectativas de seus companheiros é em si uma experiência compensadora e uma realização magnífica”. (Mandela, 1985)

Valéria Sena
Vereadora do PT do B

Autor: Saulo Aguiar

É jornalista, radialista e cooperativista. Formado em Comunicação Social, ganhou destaque com colunas opinativas e reportagens investigativas. Possui cursos na área de assessoria de comunicação, cooperativismo e gestão de projetos.

Compartilhe
468 ad

1 Comentário

  1. É entristecedor saber que a Valeria não sera candidata a reeleição, já estamos a merce de vereadores incapacitados e sem ideais e como ela mesma disse “tiram proveito para si e não para coletividade”.
    Ao mesmo tempo é engrandecedor o ato de não se recandidatar por princípios éticos, mas talvez seja uma pausa para se reestruturar e quem sabe talvez voltar revigorada do desgaste politico e num futuro próximo se eleger Prefeita da nossa cidade e ai sim fazer uma diferença ainda maior e no lugar certo.

    Responder

Comente

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *