Vereadores cobram reajuste salarial para servidores municipais

Mauro também segurou o projeto do piso da educação para que prefeito encaminhe a proposta com o pagamento retroativo a janeiro, conforme determina a lei.

IMG_20160315_160545282

Os vereadores Mauro Chaves (PSDB) e Mateus Vaz de Resende (DEM) cobraram do administração municipal que encaminhe até a próxima semana uma proposta de reajuste salarial para os servidores municipais.  De acordo com a Legislação eleitoral, o prefeito Aracely de Paula (PR) tem até o próximo 2 de abril para efetuar qualquer aumento da remuneração mensal do funcionalismo público. Como a folha de pagamento  da administração municipal é realizada normalmente até o dia 22 de cada mês, o prefeito tem mais uma semana para encaminhar o projeto para análise dos vereadores.

O prefeito já deu declarações que um estudo de impacto financeiro está sendo realizado para que seja avaliado o percentual de reajuste para o funcionalismo público municipal. Ele também destacou as dificuldades financeiros dos municípios mineiros em conceder as recomposição salarial devido a crise econômica do país.  O prefeito encaminhou ao Legislativo um projeto de lei que altera o piso salarial dos professores adjuntos, professores de Educação Básica, supervisores pedagógicos e psicopedagogos. Porém, o projeto não determina o pagamento retroativo a janeiro, conforme determina a lei nacional da educação.

O vereador Mauro segurou o projeto de reajuste para  os servidores da educação para que o prefeito Aracely encaminhe a proposta retroativa a janeiro. “Sabemos das dificuldades financeiras do país, mas Araxá é um município privilegiado economicamente. O prefeito deve cumprir a lei nacional da educação e conceder o reajuste retroativo a janeiro. Vamos aprovar o projeto, mas seguramos mais uma semana para que o prefeito faça essa correção e cumpra a lei.”

O vereador também cobrou o projeto de reajuste para os demais servidores públicos municipais. “Também estamos aguardando o reajuste dos demais servidores da educação e de todo o funcionalismo público municipal. O prazo está se esgotando o prefeito tem encaminhar, pelo menos, a recomposição”, desataca o vereador. Mateus também foi um dos vereadores que mais cobraram o projeto para os servidores. “Temos uma semana para que o projeto chegue a Câmara Municipal. O servidor público precisa do reajuste salarial e estamos cobrando do prefeito esse projeto. Somos a favor do reajuste para educação, vamos aprovar ele na próxima semana, mas também é preciso um aumento para todos os servidores”, destacou o parlamentar.

Autor: Saulo Aguiar

É jornalista, radialista e cooperativista. Formado em Comunicação Social, ganhou destaque com colunas opinativas e reportagens investigativas. Possui cursos na área de assessoria de comunicação, cooperativismo e gestão de projetos.

Compartilhe
468 ad

Comente

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *