Opinião: A Favor das manifestações! Contra a hipocrisia araxaense!

Uma população que não teve coragem de se manifestar contra os casos de corrupção na sua cidade, tem moral para protestar algo neste país?

1928743_548190775342755_1701050919241901912_n

13 de Março de 2016 – Domingo – Levanto com um sentimento patriota aflorado. Queria participar do maior ato democrático que esse país iria ver. Me vesti de verde e amarelo,e a revolta contra o mais corrupto governo da história aumentava ainda mais. Eu estava orgulhoso de mim mesmo. Já me imaginava daqui alguns anos, contando para meus filhos e netos que eu fui para a rua pedir o impeachment da presidente Dilma e a prisão de um dos mais corruptos presidentes que este país já teve.

Que sentimento era aquele… Eu era um dos heróis dessa nação. Olhava para o espelho e via a honestidade, a ética e a moral em pessoa. Eu era o cara! Quem dera esse país tivesse um décimo do caráter que estava ali refletido na minha fantasia de cidadão brasileiro. Não perdi tempo. Com uma faixa escrita “Eu apoio Sérgio Moro”, fui nas redes sociais e postei logo uma foto para convocar a cidade para participar das manifestações. Que sorte era a minha… Meu ciclo de amizades só tinha gente honesta e justa.

Claro que motivos jurídicos para pedir um Impeachment da presidente não estavam assim tão perceptíveis. Apesar de todas as suspeitas e indícios, ainda não se tinha comprovado nenhum crime cometido pela presidenta. Mas, entendia que era questão de tempo e mesmo não tendo, até então, motivos constitucionais para destituí-la do poder e não confiar naqueles que abriram o processo de cassação, a sua saída do cargo representava a esperança para um país em profunda crise econômica, política e moral. Eu estava certo que iria às manifestações…

Entro no carro e no ponto de ônibus do meu bairro concedo carona para um amigo. A mudança de rota me faz passar em frente à Câmara Municipal de Araxá, e algo me chama a atenção. Deixo meu amigo próximo à Casa do Caminho. Vendo o hospital fechado, me faço uma série de questionamentos a respeito dos atos corruptos investigados e comprovados em Araxá.

Qual protesto essa cidade fez para se manifestar contra os desvios de dinheiro nas instituições ou para pedir a cassação dos vereadores denunciados em esquemas de corrupção? Em que momento, essa cidade se revoltou e foi para as ruas exigir a devolução do dinheiro dos agentes políticos que roubaram a Santa Casa? Quando alguém exigiu do município um suporte financeiro para que os dois hospitais que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS) não fechassem ou reduzissem os atendimentos? Alguém escreveu cartazes, foi para a mídia ou fez passeata contra o pagamento de salários para vereadores afastados do cargo? Não! Em nenhum desses momentos, a população araxaense teve coragem de se manifestar.  Medo? Conveniência? Não soube responder… Mas, de fato, não fizemos absolutamente nada!

Insistente e relutante em querer participar daquele que seria o maior ato democrático da história desse país, passo em frente à Praça da Matriz. Os primeiros que meus olhos veem são políticos, empresários e presidentes de entidades da cidade. Pessoas que, na maioria das vezes, rodam governantes em busca de privilégios do poder público. Vejo instituição com faixa na mão que até há alguns anos utilizava de imóvel público para arrecadar dinheiro. Vejo também pessoas que já foram ou são investigadas pela Polícia Civil por suposta participação em esquema de desvio e/ou lavagem de dinheiro. Vejo servidora que se afastou do serviço público alegando motivos de doença e retornou quando foi convidada a ocupar cargo comissionado. Ao contrário do que pedia as faixas de protestos, vejo pessoas que defenderam agentes políticos envolvidos em atos ilícitos, antiéticos e imorais na cidade.

Contorno a praça e volto pra casa. Sou a favor das manifestações, mas sou contra a hipocrisia araxaense.

Autor: Saulo Aguiar

É jornalista, radialista e cooperativista. Formado em Comunicação Social, ganhou destaque com colunas opinativas e reportagens investigativas. Possui cursos na área de assessoria de comunicação, cooperativismo e gestão de projetos.

Compartilhe
468 ad

4 Comentários

  1. Aplaudo de pé sua opinião e faço questão de compartilhar.

    Parabéns Saulo a cada dia você mostra que é um verdadeiro jornalista imparcial e de atitude.

    Continue assim. Sucesso !!!!

    Responder
  2. È Saulo, e assim caminha a humanidade….

    Responder
  3. O pior é que corremos o risco desses mesmos corruptos continuarem no poder. Infelizmente o povo não tem consciência política, é cada um olhando pro seu umbigo e foda-se a comunidade.

    Responder
  4. Saulo, lhe dou meus parabéns por sua visão como cidadão e pelo seu ato de civismo, mas no meu ponto de vista, devemos cobrar da justiça e pra isso temos que ter “força política” coisa que a nossa cidade está jogada as traças. Um renovo político é o que vai acontecer com essas manifestações no Brasil, não podemos para agora e o exemplo vai vir mais forte quando esse governo cair. Sou brasileiro e patriota e é o que ensino para os meus filhos. O exemplo vem de cima para baixo. Parabéns pela sua matéria.

    Responder

Comente

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *