Suspeito de violentar sexualmente e matar senhora não está preso

Homem de 36 anos foi apenas conduzido para a Delegacia de Polícia Civil e não preso, conforme divulgado pela Polícia Militar.

1932212_368701009920262_5172065513253589027_n

O principal suspeito de violentar e matar uma senhora de 58 anos neste domingo, 13, rua Rita Cassulina dos Anjos, no bairro Fertiza não está preso, conforme divulgado pela Polícia Militar. O Homem, 36 anos, foi encontrado em um rancho a 30 quilômetros  de Araxá pelos militares e conduzido para a Delegacia Regional de Polícia Civil para prestar esclarecimentos. Segundo uma denúncia anônima, ele foi visto saindo da residência da vitima um dia antes do crime, mas ainda não existe qualquer outro indicio que comprova que o rapaz seja o verdadeiro autor do assassinato.

Segundo informações, a Polícia Civil não pediu a prisão do homem por falta de indícios apresentados até o momento da sua condução à delegacia. A Polícia Civil deu prosseguimento a investigação do caso nesta segunda-feira, 14, e o rapaz ainda é considerado o principal suspeito do crime.

Caso

Eliane Morais da Silva, 58 anos, foi encontrada morta na manhã deste domingo, 13, na rua Rita Cassulina dos Anjos, no bairro Fertiza. A Polícia Militar foi acionada e compareceu  ao local por volta das 11h30, quando se deparou com o filho no interior da residência, próximo ao corpo da mãe e chorando bastante. Os militares perceberam que a mulher sangrava muito e que um pano estava enrolado no pescoço. O local foi isolado e em seguida a Perícia técnica da Polícia Civil e IML foram acionados.

Autor: Saulo Aguiar

É jornalista, radialista e cooperativista. Formado em Comunicação Social, ganhou destaque com colunas opinativas e reportagens investigativas. Possui cursos na área de assessoria de comunicação, cooperativismo e gestão de projetos.

Compartilhe
468 ad

Comente

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *